Emirates realiza testes de COVID-19 em passageiros

Por Veron Campos - 15/04/2020

Companhia aérea é a primeira a realizar testes rápidos da COVID-19 em passageiros no aeroporto.

A Emirates, com a coordenação da Dubai Health Authority (DHA), adotou precauções adicionais relacionadas à COVID-19. Os passageiros do voo de hoje para a Tunísia foram testados para a COVID-19 antes do embarque em Dubai. A Emirates é a primeira companhia aérea a realizar testes rápidos da COVID-19 em passageiros no aeroporto. O exame de sangue rápido foi realizado pela DHA, com resultados disponíveis em 10 minutos. Este teste foi realizado na área de check-in do Terminal 3 do Aeroporto Internacional de Dubai.

O exame foi realizado pela Dubai Health Authority (DHA).

Adel Al Redha, diretor de operações da Emirates, disse: “O processo de teste foi tranquilo; gostaríamos de aproveitar esta oportunidade para agradecer à Dubai Health Authority pelas iniciativas e soluções inovadoras. Isso não seria possível sem o apoio do Aeroporto de Dubai e de outras autoridades do governo. Estamos trabalhando para ampliar esse serviço e realizar os testes em outros voos, permitindo testes no local e confirmação imediata aos passageiros da Emirates que viajam para países que exigem certificado de teste da COVID-19. A saúde e a segurança dos funcionários e passageiros no aeroporto continuam em primeiro lugar.”

Passageiros sendo testados para a COVID-19 antes do embarque

Os protocolos de check-in e embarque da companhia aérea também foram adaptados para manter o distanciamento social. Barreiras de proteção foram instaladas em cada balcão de check-in para fornecer segurança adicional aos nossos passageiros e funcionários durante as interações. Luvas, máscaras e higienizadores para as mãos são obrigatórios para todos os funcionários do aeroporto.

Os passageiros também devem usar suas próprias máscaras quando estiverem no aeroporto e a bordo da aeronave e respeitar as regras de distanciamento social. A Emirates modificou seus serviços a bordo por razões de saúde e segurança.

Revistas e outros materiais de leitura impressos não estarão disponíveis e alimentos e bebidas continuam oferecidos a bordo, mas a embalagem e a apresentação serão modificadas para reduzir o contato durante o serviço de refeições e minimizar o risco da interação. Não serão aceitas bagagens de cabine nos voos. A bagagem de mão permitida na cabine será limitada a notebook, bolsa, maleta de mão ou itens de bebê. Todos os outros itens precisam ser despachados e a Emirates adicionará a tarifa de bagagem de cabine à franquia de bagagem do cliente. Além disso, todas as aeronaves da Emirates passarão por processos adicionais de limpeza e desinfecção em Dubai após cada voo.

*Texto e fotos por redação e divulgação

Posts relacionados

Curta a própria cidade como se estivesse viajando

SP: Terraço Itália reabre com salas renovadas

Porto de Galinhas é o destino dos sonhos dos brasileiros durante a quarentena

Comente pelo Facebook