Suíça Central se prepara para receber visitantes

Por Veron Campos - 26/05/2020

Em Lucerna e TITLIS, estabelecimentos começam a ser liberados para funcionamento a partir de 8 junho seguindo medidas de segurança.

Aninhado aos pés do Monte Titlis, nos Alpes Suíços, Engelberg (que em alemão significa “a montanha dos anjos”) é um vilarejo dos sonhos que parece saído de um conto de fadas. Inclusive, tem até um mosteiro Beneditino da Idade Média, do ano de 1120. A região alpina de Engelberg-Titlis, que visitei no outono de 2017, é uma das localidades mais sedutoras da Suíça Central. Pouco a pouco o destino se prepara para o “novo normal” e começa a ensaiar lenta e gradual volta às atividades pós-pandemia.

O vilarejo de Engelberg (Imagem: Veron Campos)

O país, que anunciou a suspensão de medidas de confinamento em março, agora começa a se organizar para liberar algumas atrações turísticas. O relaxamento das medidas se deve à desaceleração da epidemia de Covid-19. Com muita cautela e prezando sempre pela segurança de moradores e visitantes locais, a volta aos pontos turísticos vem acompanhada de uma série de severas medidas.

No vilarejo de Engelberg, a partir de 8 de junho, o Teleférico de Engelberg – Trübsee estará autorizado a levar novamente os passageiros até o meio da montanha para atividades em contato com a natureza. Porém, somente passageiros viajando juntos poderão ocupar os lugares em uma mesma cabine. Isso significa que uma cabine pode conter uma família de cinco pessoas, por exemplo, um casal ou apenas uma pessoa. As trilhas ao redor do lago Trübsee, assim como os barcos a remo também estarão liberados. E o serviço de ônibus em Engelberg será normalizado.

Vista a partir da varanda de um dos quartos do Berghotel Trübsee (Imagem: Veron Campos)

Em seguida, é a vez do Titlis Rotair, Titlis Cliff Walk e Gruta do Gelo. As três atrações serão reabertas a partir de 4 de julho, respeitando todas as medidas de segurança como distanciamento e limitação do número de pessoas. Na ocasião, também voltará a funcionar o restaurante Panorama Titlis, a trilha de bicicleta JochPass e ainda a Tirolesa Trübsee Adventure e Trübsee Flyer e o Trübsee Alpine Lodge, com seu magnífico terraço.

Na passarela Titlis Cliff Walk, em Engelberg-Titlis (Imagem: Veron Campos)

Ainda na Suíça Central, em Lucerna, o relaxamento das medidas passa a valer nas próximas semanas, mantendo as medidas de proteção e higiene. O governo suíço anunciou uma proibição em todo o país de reuniões de mais de cinco pessoas em espaços públicos. Desde 11 de maio, os serviços de transporte público foram intensificados progressivamente e lojas e agências de viagens, assim como museus e bibliotecas estão liberados para serem abertos. Restaurantes também, respeitando a regra de quatro pessoas por mesa.

Jardins zoológicos, piscinas, teatros, cinemas e igrejas, assim como as ferrovias de montanha, reabrem a partir de 8 de junho. As reuniões com mais de cinco pessoas em locais público também será liberada. Por fim, as fronteiras com Alemanha, Áustria e França serão reabertas a partir de 15 de junho.

*Texto por Veron Campos e divulgação. Fotos por Veron Campos

Posts relacionados

Conheça as atrações de TITLIS, na Suíça Central, que tem neve até maio

Temporada de férias no Monte Titlis

Monte Titlis, Suíça: aventuras a 3 mil metros no primeiro teleférico rotatório do mundo

Comente pelo Facebook